Lá vamos nós, começar agora mais um projeto, mais um blog e, acima de tudo, uma aventura. Achamos que, antes de qualquer coisa, é uma boa ideia fazer uma contextualização por aqui. Por isso, para esse primeiro post, vamos contar um pouquinho sobre nós e porque decidimos ser nômades digitais.

Sobre nós

Eu (autora do post) sou a Mariana, sou jornalista e já tenho também um blog pessoal e um canal no Youtube. O Thiago é programador e trabalha há alguns anos em home office. Nós somos casados há 5 anos e atualmente (data da postagem) moramos em Santo André / SP. O Thi morou por aqui a vida toda, e eu desde os 10 anos (antes morava em Nova Esperança / PR).

Teremos mais um membro em nossa viagem também, nosso filhinho de quatro patas, um Yorkshire, chamado Léo. Ele tem 8 anos e é bem bonzinho, apesar de ser um tanto peculiar. Desde o início, todo o planejamento incluiu o Léo, e estamos pensando em tudo de forma a ser confortável para ele também. Afinal, ele faz parte da família!

Porque decidimos ser nômades

Em primeiro lugar, acho que vem o amor por viajar e conhecer lugares novos! Por um lado, sabemos bem que é diferente viajar em férias e morar temporariamente em um lugar, trabalhando e fazendo tudo mais que a rotina do dia a dia exigir. Porém, por outro lado, a experiência pode ser ainda melhor: conhecer de verdade cada um dos lugares, saber como é a vida por ali, o cotidiano, a cultura.

Outro fato é que não gostamos de rotina. Se muita gente tem pavor de mudança e prefere ter uma rotina bem definida: mesmo emprego, mesmos horários, mesma casa etc. Por aqui, parece que somos mais inquietos e não conseguimos ficar na “mesmice” por muito tempo. Até mesmo nesses anos morando no apartamento atual, já fizemos três reformas. Sempre que tudo fica paradinho demais, surge a necessidade de alguma mudança.

E o último fato é que estávamos bem em dúvida sobre o que pretendíamos para o nosso futuro. Tinha hora que a vontade era simplesmente abandonar São Paulo e partir para alguma cidade litorânea, como Florianópolis. Ou até mesmo um destino mais longe, como Portugal ou Espanha. Outras horas decidíamos ficar aqui mesmo, mas mudar para algum lugar maior. E até mesmo a opção de ficar aqui e reformar de novo foi estudada! Por fim, concluímos que seria muito difícil tomar qualquer uma dessas decisões sem ter uma certeza.

Foi aí que, despretensiosamente, um dia comentamos que nessa dúvida, seria melhor simplesmente a gente testar, ir morar por um tempo em vários lugares, para enfim decidir o que preferimos. E dessa ideia jogada ao acaso, iniciamos nosso planejamento para ser nômades. Inicialmente, pensamos em seguir esse estilo de vida por uns dois anos, e temos todo esse tempo para decidir o que será depois.

Criamos esse blog e o canal do Youtube para compartilhar todo esse processo com vocês. Desde o planejamento, mudança, desapegos para a mudança (rs) e, claro, todas as viagens que virão pela frente. Espero que gostem de embarcar nessa com a gente!