O espetáculo Korvatunturi foi uma surpresa muito boa em nossa viagem por Gramado. Quando viemos para cá (em uma viagem expressa) há vários anos, o show ainda não existia, e por isso eu nem sabia da existência até recentemente. E fiquei feliz demais em conhecer, pois é o tipo de atração que mais me encanta! Com um misto de teatro, musical, dança e técnicas circenses, é uma apresentação emocionante e que agrada os expectadores de todas as idades.

A produção é original e inédita, mas a inspiração vem de uma lenda finlandesa. Em finlandês, o termo Korvatunturi significa “Montanha da Orelha”, e segundo a lenda local, nos pés desta montanha (localizada no norte da Escandinávia) há um mundo mágico nunca visto por nenhum humano, onde vive o Papai Noel.

Foto: Sergio Azevedo

Indo para esse lado místico, o show conta uma história cativante que fala sobre os verdadeiros valores da vida: amizade, alegria, solidariedade e amor. Mais precisamente, a peça fala sobre um antigo e sábio povoado de uma terra longínqua e cheia de magia, Korvatunturi. Percebendo que o mundo dos humanos tem perdido esses valores, esses seres mágicos tentam ajudar a humanidade a enxergar o que realmente importa, por meio de um representante que terá a missão de levar adiante esses aprendizados.

A apresentação é dividida em 10 cenas, ou atos, que são:

  • Cena 1 – A chegada do mensageiro: Vindo do mundo dos humanos, ele porta consigo um fruto da Árvore da Vida, cuja luminosidade está comprometida. Isso pois algo está errado no mundo dos humanos.
  • Cena 2 – A sabedoria: A entidade da Sabedoria determina que a melhor solução é trazer alguém do mundo dos humanos para ensiná-lo a forma de viver do povo de Korvatunturi.
  • Cena 3 – A escolha: Este humano é escolhido pela grande bondade existente em seu coração, detectada pelo povo de Korvatunturi. O Mensageiro tem a missão de guiá-lo e mostrar-lhe uma nova forma de viver e de se relacionar.
  • Cena 4 – Cristal de neve: O brilho e a pureza do cristal de um floco de neve soa de forma melódica e sutil e é o primeiro contato deste humano com Korvatunturi.
  • Cena 5 – O mundo de Korvatunturi se revela: Os conceitos de felicidade, simplicidade no olhar e bondade são evocados em uma melodia que será a tônica do espetáculo.
  • Cena 6 – Um novo ciclo: Cada ato, gesto, palavra ou pensamento dos seres humanos tem um efeito em Korvatunturi, positivo ou negativo. Um pensamento bom gerado no mundo dos humanos resulta no nascimento de mais um ciclo de bondade em Korvatunturi.
  • Cena 7 – O tempo: Uma dupla de Korvatunturis construtores de relógios cuco e detentores do tempo mostram de forma divertida conceitos de perseverança, diversão e conquista em uma impressionante performance.
  • Cena 8 – O nascimento: A renovação da vida a cada nascimento nos mostra uma das histórias mais lindas do mundo e traduz na família os conceitos de união, companheirismo e fé.
  • Cena 9 – O povo de Kprvatunturi: Os Korvatunturis voltam à cena para trazer um pouco mais da sua forma de viver e para consolidar a missão de mostrar ao mundo que praticar o bem é ser muito mais feliz.
  • Cena 10 – A revelação: O representante do mundo dos humanos conclui o seu aprendizado e recebe do povo de Korvatunturi um dos maiores presentes que alguém poderia receber no mundo: o que cada um dos seres do povoado tem de melhor.

Foto: Sergio Azevedo

O elenco conta com artistas de dança, teatro, canto, malabaristas, técnicas aéreas e circenses da região da Serra Gaúcha, França e Russia, além de produtor excecutivo, diretor artístico e musical, coreógrafos e figurinistas, compositor e diretor musical.

Achei a qualidade das apresentações e performances muito boas. Assim como os cenários, figurinos e a trilha sonora. Sem contar que o enredo passa um sentimento muito gostoso, saímos bem leves e alegres do teatro, e com a música principal ainda na cabeça.

Esse é o primeiro espetáculo permanente de Gramado, e tem apresentações às 20h em dias selecionados, com duração de 70 minutos e classificação livre. Ah, e durante o espetáculo não é permitido fazer fotos ou vídeos, mas para quem quiser fazer uma foto com os atores, é só aguardar até o final da apresentação.

KORVATUNTURI

  • Entrada: de R$99,00 a R$180,00
  • Horário: Às 20h, em dias selecionados
  • Endereço:Rua São Pedro, 663 – Centro – Gramado / RS
  • Site: https://www.korvatunturi.com.br/