Como vocês sabem, nosso segundo destino da vida nômade é o Uruguai, e começamos por Punta del Este, onde ficamos dois dias. Até pensamos em ficar mais, mas como se trata de inverno por aqui e não dá para aproveitar mais as praias, o fim de semana é suficiente para conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Então resolvi compartilhar aqui com vocês o roteiro que fizemos e os principais pontos turístico de Punta del este.

Para quem viaja fora de temporada, ou quer apenas conhecer os principais pontos, um dia é suficiente. Então pode ser feito como um passeio para quem viaja a Montevidéu. Para quem vai no verão e quiser curtir melhor as praias, vale a pena ficar uns dias a mais.

Uma boa opção para quem tem pouco tempo, como era o nosso caso, é fazer um city tour. Há opções bem legais de meio período que passam pelos principais pontos turísticos. Eu e o Thi fizemos um de quatro horas, e dessa forma conseguimos ver o principal de uma vez. O restante do tempo, aproveitamos para passear com calma pelas praias, pela Av. Gorlero e até mesmo fomos conhecer o shopping.

 

O QUE FAZER EM PUNTA DEL ESTE

 

Praias – Playa Brava e Playa Mansa

Certamente um dos principais atrativos de Punta del Este são as praias, independente da estação. Nós fomos no inverno, e mesmo assim gostamos de ir contemplar o mar e caminhar na areia. Em Punta del Este tem duas praias principais:

  • Praia Brava: banhada pelo Oceano Atlântico, tem ondas que atraem muitos surfistas e é uma ótima opção para banhistas nos dias de sol. É nela que fica o famoso monumento Los Dedos.

O que fazer em Punta del Este: Playa Brava

  • Praia Mansa: banhada pelo Rio da Prata, mas parece mar e inclusive tem água salgada. Como o nome diz, ela é mais calma, ótima opção para quem viaja com crianças e ou para ficar na água em dias de sol.

Passear pela orla, caminhar ou fazer uma corrida também é um passeio muito agradável! Ah, e para quem está com cachorro, como nós, as praias tem espaços permitidos para os peludos, o que achei muito legal!

 

Av. Gorlero

Essa é a principal avenida da cidade e corta a Península bem no meio. Lá, você vai encontrar muitas lojas, restaurantes, bares, bancos, casas de câmbio e opções de souvenir. Vale a pena ir conhecer e caminhar um pouco. Ela fica entre a Playa Mansa e a Playa Brava, e começa pertinho do monumento Los Dedos.

O que fazer em Punta del Este: Avenida Gorlero

Monumento Los Dedos

Esse é um dos pontos turísticos mais clássicos de Punta del Este, que é a famosa escultura da mão (La Mano), que fica na Parada 1 da Praia Brava. A mão que sai da areia é chamada de Monumento Los Dedos, e foi criada pelo artista chileno Mario Irrazábal em 1982 em um concurdo. Ela representa a presença do homem na natureza.

  • Entrada: Livre
  • Horário de funcionamento: Livre
  • Endereço: 20100 Punta del Este, Maldonado

O que fazer em Punta del Este: Monumento Los Dedos

 

Porto / Puerto Nuestra Señora de la Candelaria

Outro local que vale a pena conhecer é o Puerto Nuestra Señora de la Candelaria, que fica no fim da Praia Mansa. Esta é uma região muito animada de Punta del Este, com muitas opções de bares e restaurantes. Além disso, é bem comum encontrar lobos marinhos na água.

  • Endereço: Rambla General Artigas y, 29 – Las Gaviotas Península, 20100 Punta del Este

 

Ponte Ondulada / Puente de la Barra

A ponte Leonel Viera, mais conhecida como Ponte Ondulada, é uma das obras de engenharia mais notáveis ​​do Uruguai, é certamente a mais divertida. A primeira delas foi criada por Leonel Viera em 1965, e para facilitar a circulação foi criada mais uma em 2000, seguindo as mesmas características. Atravessar essas duas estruturas engenhosas de carro causa uma sensação única, quase como uma leve montanha russa.

  • Entrada: Livre
  • Horário de funcionamento: Livre
  • Endereço: 20100 Punta del Este, Maldonado

O que fazer em Punta del Este: Ponte Ondulada / Puente de La Barra

 

La Barra

Quem vai conhecer a Ponte Ondulada certamente tem que parar para conhecer também a praia La Barra, que tem um visual lindo e é uma ótima opção para quem quer fugir um pouco do glamour de Punta. Por lá, o clima é mais hippie chic, com casinhas de madeira, barzinhos e artesanatos. É também é um lugar bastante frequentado à noite nos meses de verão.

 

Hotel Cassino Conrad

O cassino é luxuoso e atrai turistas de todo o mundo para os seus torneios internacionais de poker e outros jogos. Além dos jogos, há apresentações e shows de várias celebridades. Mesmo quem não se hospeda pode visitar o cassino, e não é obrigatório jogar ou pagar entrada.

  • Entrada: Livre
  • Horário de funcionamento: 24h
  • Endereço: Rambla C. Williman Parada 4 Playa Mansa, 20100 Punta del Este

 

Iglesia de la Candelaria

Apesar de não ser um passeio imperdível, cabe facilmente no roteiro e fica perto do porto, então dá para enxaixar facilmente no roteiro. É o mais importante templo católico da cidade e está localizada nas proximidades da Punta de la Salina, na região mais antiga da península, em frente ao farol. Esta igreja foi construída em 1941 e homenageia a Virgem de la Candelaria, cuja imagem veio da Espanha. A igreja é muito simples e tem um estilo arquitetônico neo-românico ou vitoriano. A fachada é azul claro e branco, seus azulejos são laranja e o jardim tem sinos esculpidos.

  • Endereço: Puesta del Sol, 20100 Punta del Este, Departamento de Maldonado

O que fazer em Punta del Este: Iglesia de La Candelaria

Faro de Punta del Este

Assim como a Iglesia de La Candelaria, não é fundamental, mas como ficam de frente um para o outro, quem opta por visitar um deles já visita o outro também. O farol de Punta del Este está localizado na costa do Oceano Atlântico e foi construído em 1860. É uma torre cilíndrica de alvenaria, e tem uma cúpula com listras radiais brancas e vermelhas. Tem uma altura de 25 metros, com um alcance luminoso de 8,8 milhas náuticas.

  • Endereço: 2 de Febrero, 20100 Punta del Este, Departamento de Maldonado

 

Casapueblo

A Casapueblo fica na realidade em Punta Ballena, mas é considerada um passeio imperdível para quem vai a Punta del Este. O ideal é fazer a visita no final da tarde, para pegar a cerimônia do pôr do sol. Para mim, foi o ponto alto da viagem, o melhor pôr do sol que já vi até hoje, e que fica ainda mais emocionante com o Poema al sol de Carlos Paez Vilaro, que toca durante os últimos 10 minutos nos quais o sol se põe. A vista é impressionante, parece uma pintura. O local é a antiga casa de verão do próprio artista plástico uruguaio Carlos Vilaró, e lembra uma construção grega. Hoje, abriga o museu com as obras dele, loja, galeria de arte, restaurante e hotel.

  • Entrada: $10,00 (10 dólares)
  • Horário de funcionamento: Diariamente, das 10h até o pôr do sol (cerca de 21h no verão e 19h no inverno)
  • Endereço: Mar Mediterraneo, 20003 Punta Ballena, Departamento de Maldonado

O que fazer em Punta del Este: Pôr do sol da Casapueblo