Uma das coisas que mais pesam no orçamento de qualquer viagem é a alimentação. E acho que Montevidéu, assim como Punta Del Este e Colônia, não tem a fama de ser um destino barato nesse quesito, não é?

Eu adoro planejar viagem, e sempre recomendo pesquisar bem todos os aspectos dos destinos antes de viajar, mas confesso que cometi uma falha antes de ir para o Uruguai: praticamente não pesquisei sobre alimentação em si. Ao contrário, tinha em minha mente uma teoria que não condiz com a realidade, de que pela moeda ser mais “desvalorizada” nós conseguiríamos comer mais barato por lá do que aqui no Brasil.

Pois então, foi uma grande surpresa ao chegar lá e perceber que, na realidade, só mudavam a proporção dos números da notinha que recebíamos. Pegamos a cotação de R$0,13 por cada peso uruguaio (julho/2018), porém percebemos que estava bem difícil encontrar restaurantes nos quais uma refeição para duas pessoas saísse menos do que U$1000,00 (pesos uruguaios) no valor final, o que daria em torno de R$130,00. Mesmo lanches, que costumam ser baratos, acabam saindo em torno de U$700,00 (pesos uruguaios). Para quem viaja de férias, ou turismo em geral, por poucos dias, isso talvez seja ok. Porém, para quem vai ficar mais tempo, esse valor para todas as refeições acaba pesando.

Normalmente nós nos abastecemos no mercado e cozinhamos a maior parte das refeições, deixando apenas algumas para restaurantes. Porém em Montevidéu ficamos em um loft com uma única boca de fogão elétrico bem complicado de cozinhar, então tivemos que ser criativos. Por isso vim aqui compartilhar algumas dicas e informações com vocês.

 

É errado dizer que comer bem em Montevidéu / Uruguai seja caro

Antes que vocês me perguntem se estou ficando doida, já que esse subtítulo parece me contradizer, vou explicar. Diferente dessa fama que se tem de que comer em Montevidéu seja caro, a real é que é muito difícil comer barato por lá. Parece que significa a mesma coisa, mas não é. Digamos assim: comer bem em um bom restaurante sai mais barato do que comer bem em um bom restaurante de São Paulo, por exemplo.

Porém, a diferença é que é bem difícil achar restaurantes com valores dos nossos famosos restaurantes por quilo, ou PF, entendem? Aqui no Brasil encontramos com facilidade opções caras e baratas. Já por lá, senti que encontrar essas opções baratas acaba sendo mais difícil, mas também as outras opções não são tão caras assim.

 

Dica de ouro: as panaderias

Depois de muito pesquisar, descobri onde encontrar, enfim, opções baratas para as refeiçoes do dia a dia: as padarias (ou panaderias, em espanhol). Nelas há muitas opções de lanches, ou até mesmo de refeições, em valores muito bons. Descobri, inclusive, que é uma das principais opções de almoço para os moradores de lá que trabalham fora.

Pertinho do apartamento que ficamos, tinha uma que chama Panaderia La Vienesa e se tornou nossa principal opção para os almoços nos dias em que estávamos trabalhando. Sempre tinha milanesa (de carne ou frango), batatas, saladas e lanches bem gostosos. E gastávamos menos de R$20,00 em um almoço para os dois, o que é um valor excelente.

Então, caso esteja procurando opções mais baratas para as refeições, busque essa opção das padarias ou até mesmo pequenos mercados de bairro.

 

Mescle refeições mais legais e lanches mais simples

Para quem está a passeio e não quer gastar tanto assim em todas as refeições, uma boa opção é mesclar refeições mais legais e lanches mais simples. Os restaurantes mesmo dificilmente são baratos, mas pela cidade é muito comum ter quiosques e carrinhos de lanches, com hambúrgueres, panchos (cachorro-quente), chivito (um lanche tradicional) etc, que são bem baratos! Então, dá para comer algo assim no almoço durante os passeios pela cidade, e à noite comer algo mais legal. Dessa forma tem um equilíbrio e dá para economizar bem também!

 

Pesquise 

Mesmo que não tenha opções super baratas, sempre há diferenças de valores de um restaurante para outro. Então sempre pesquise bastante para encontrar os melhores custo x benefícios. Dessa forma é possível economizar bastante também. Pesquise a média de preços, se o lugar cobra cubierto (taxa de serviço de mesa, bem comum por lá) e quanto é etc.